PROJETO INICIADO NA DÉCADA DE 80 ENTRA EM OPERAÇÃO

Divulgação MGA - 05 março de 2021

O projeto no setor mineral começou com a premissa de diversificar as atividades de um empreendedor e proprietário do solo que atuava no agronegócio. O requerimento de pesquisa mineral para argila industrial foi feito em agosto de 1985. A partir disso, cumprindo todas as fases processuais, o empreendedor obteve a portaria de lavra em 2004. Nesse período, o aproveitamento da argila já não tinha a mesma importância e viabilidade econômica.

Em 2012, a MGA Mineração foi contratada para dar continuidade aos trabalhos de assessoria técnica. O conhecimento mais específico das características da jazida, a manutenção da regularidade e a documentação do empreendimento, eram os principais objetivos da parceria comercial.

Inesperadamente, os novos trabalhos de sondagem realizados mostraram camadas de areia abaixo das camadas argilosas. A aprovação das readequações do projeto inicial, com o conseqüente licenciamento mineral e ambiental para as substâncias areia e argila, abriram novas perspectivas para o Projeto.

A experiência da MGA no desenvolvimento de projetos de mineração compatibilizados com a recuperação, uso futuro da área e do seu entorno foram fundamentais para o licenciamento ambiental. Em 2020, portanto depois de mais de três décadas, com a consolidação de uma parceria comercial com um tradicional empresário da mineração iniciou-se, finalmente, a "abertura" e operação efetiva da mina, que vem se tornando uma importante alternativa de fornecimento de argila e areia para Itatiba, Jundiaí, Campinas e região.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CETESB-IE APROVA PROJETO ELABORADO PELA MULTIAMBIENTE

Mineração no Vale do Paraíba recebe Licença Prévia para ampliação da lavra de areia e argila
Ler Matéria

DIRETORA DA MULTIAMBIENTE RECEBE TÍTULO DE ESPECIALISTA

Com o tema relacionado a “Barragens de Rejeitos de Mineração”, a geóloga Diana Ravagnolli recebe o título de especialista em Geologia de Minas e Técnicas em Lavra a Céu Aberto
Ler Matéria

ROCHA ORNAMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

As rochas ornamentais têm potencial para impulsionar o desenvolvimento econômico e social de algumas regiões do Estado
Ler Matéria

MULTIAMBIENTE COLABORA EM PROJETO SUSTENTÁVEL PIONEIRO NO VALE DO RIBEIRA

Utilização de bambu e fibra de coco abre novas perspectivas na contenção de processos erosivos
Ler Matéria